quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Círculos de Estudos sobre Alienígenas [2]: Os "Aliados da Humanidade"

Tive contato muito recente com o primeiro livro de Marshall Vian Summers sobre os assim chamados "Aliados da Humanidade", e confesso, a princípio fiquei estranhado. Afinal, nós aprendemos que o que acontece no micro, acontece também no macro, ou seja, as mesmas situações se repetem em várias escalas. E, o que aconteceu na nossa História entre tribos, aldeias, cidades-nação, nações e continentes - Os fortes dominando os fracos, os "civilizados" dominando os aborígenes - agora ocorreria numa escala interplanetária. E pior: NÓS seríamos os aborígenes da vez.

Eles não dão nenhum detalhe: Não falam quem são, não dizem de onde vêm, nem como são, nem como são os interventores (Ou seja, os "colonizadores"), jogam tudo muito por alto, pra ver se o leitor consegue apanhar as coisas no ar. De pronto, eles dizem que não haveria guerra: Eles nos dominariam usando a persuasão e o "soft power", pois nosso planeta é "raro", e possui muitos "recursos únicos". E que o ideal é recusar acordos comerciais com os assim chamados "Coletivos" - Civilizações compostas por várias raças de vários planetas - e relacionar apenas com os planetas dos "Aliados da Humanidade", porque os planetas mais avançados espiritualmente são isolados e se relacionam com poucos povos.

Suspeito, muito suspeito. Ainda mais que o livro repete algumas frases incessantemente, e não dá maiores detalhes sobre como conseguir o Conhecimento sobre a Comunidade Maior. Mais ainda, o livro fala muito sobre os "Não-Vistos", que seriam algo como os Anjos, e também fala muito de Deus, sob uma ótica muito conhecida.

Fui procurar referências sobre o Sr. Summers: Ele é fundador de um movimento religioso (Nova Mensagem de Deus), dos que pipocam por aí surfando na onda da Nova Era, mas carregando muitos preceitos do Cristianismo junto. O cara se considera, inclusive, um Profeta.
Todo mundo sabe que, quando religião se mete na Ufologia, dá um resultado pior que a Vitamina do Cabra Macho (E pior, como tal vitamina, tem gente que engole!). Temos um nome bastante proeminente nesse "meio", também conhecido por misturar Ufologia e religião: Raël.

Apesar dos avisos sobre os abusos dos ETs serem válidos (Embora vários "Círculos" digam que existem entidades a nos proteger de outras entidades obscuras), não dá pra confiar em mensagens com conteúdo religioso, que supostamente venham de seres que não dão sequer uma descrição de si próprios. Se os outros contatados são criticados por um alegado excesso de imaginação, o Sr. Summers pode ser criticado por sua alegada falta de imaginação. Sério, ao menos o primeiro livro, não menciona UMA raça extraterrestre que seja!

Vale pelo aviso, e só. Só por misturar religião no meio, eu já desconsidero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário